aikido

A História do Aikido – Arte Marcial Japonesa

A História do Aikido

O Aikido é uma arte marcial japonesa desenvolvida pelo Grão-Mestre Morihei Ueshiba como uma síntese de seus estudos marciais, filosofia e crenças religiosas. Difundida para o mundo a partir da 2ª guerra mundial pelo seu filho Kishomaru Ueshiba, o Aikido é praticado atualmente em mais de 95 países por milhares de pessoas. O atual Doshu (líder máximo técnico e espiritual dessa Arte Marcial) é Moriteru Ueshiba, neto do fundador do Aikido.

合 – ai – unir, unificar, harmonizar

気 – ki – espírito, energia vital

道 – do – caminho

A essência do Aikido

 O Aikido é considerado um budo, formado pela junção de duas palavras Bu (defesa física e espiritual) e Do (caminho). Por extensão, pode-se entender o termo como “O caminho do guerreiro”. O Aikido é uma fusão de várias outras artes marciais antigas e tradicionais, passadas de mestres para discípulos de forma quase aikido historiaimutável durante séculos, eram conhecidas como Kobudo (Budo antigo).  Apesar do Aikido ser o resultado de vários Kobudo estudados pelo fundador, não é kobudo. É um budo moderno, como são o Karatê, o Kendo e o Judô.

 Outra característica que diferencia o aikido de outras artes marciais, além de ser uma criação recente, é o fato de não admitir qualquer forma de competição. O fundador do Akido, homem de profundas convicções religiosas, acreditava que sua arte não deveria ser entendida de forma agressiva, nem deveria servir para estimular sentimentos egoístas como, poder e sujeição entre os seres humanos. Nesse sentido, é possível afirmar que o fundador do Aikido era de fato um homem incomum e muito à frente do seu tempo.

Desenvolvimento espiritual

 Para o fundador Morihei Ueshiba, o aikido é um treinamento diário e constante, do corpo e da mente, com o objetivo de promover o desenvolvimento do ser humano.  O Aikido  procura forjar o caráter e torná-lo forte para enfrentar as dificuldades do dia-a-dia, sem cedea às pressões e tentações, mantendo-se íntegro, honesto, honrado e útil à sociedade em que vive. A prática constante do aikido acaba por estabelecer a troca ininterrupta de energia positiva entre os praticantes, já que não há animosidade nem competitividade – circunstancias que geram um sentimento forte de harmonia entre os praticantes e a natureza.  Nesse ambiente, ativa-se a energia vital (Ki) com a qual todo ser humano nasce, mais vai esquecendo de usar ao longo da sua existência.

Defesa pessoal

aikido historia  Não há como deixar de reconhecer que o Aikido é uma forma bastante eficiente de defesa pessoal. O treinamento do Aikido é composto de movimentos circulares de esquivas, seguido pela aplicação de wazas (técnicas). Os ataques simulam socos, tapas, chutes, apresamentos de punhos, mangas de camisa ou gola de kimono, estrangulamento e ameaças com armas de fogo, bastões, espadas e facas.

Mas o Aikido não é apenas uma modalidade de autodefesa. A autodefesa e defesa de terceiros são apenas um dos componentes da arte. Outra característica importante é o fato que prática mantém o espírito do aikidoísta sempre alerta, aguçando seus sentidos. Isso se consegue com a repetição das técnicas utilizando a respiração certa, centrada na linha do hara ou taden (ponto situado cerca de 7 a 10 cm abaixo da linha do umbigo). Procurando relaxar e não utilizar a força muscular bruta na execução dos wazas, o praticante estará desenvolvendo o “Kokyo Ryoko”.

O “Kokyo Ryoko” é uma concentração de energia e de respiração interior que serve como poderoso sensor de energias e intenções externas. Além disso, também serve como gerador de força incalculável na aplicação das técnicas. Essa força é conhecida como Ki.

Graduação

A graduação tem como objetivo incentivar o aluno a continuar se empenhando nos treinamentos, dedicando-se mais à pratica do Aikido. Confira a ordem de graduação do Aikido.

aikido historia

Armas

O Aikido é praticado com as mãos livres. E todas as técnicas executadas partem de uma postura inicial denominada kamae (postura de guarda). O uso de armas como o jo (bastão de madeira) e o boken (espada de madeira similar à katana), destina-se, no fundo, ao aperfeiçoamento do hanmi (postura lateral básica de guarda que aperfeiçoa os wazas em geral).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *