karate-shotokan-640x300

Karatê Shotokan – Veja a história e origem deste estilo de karatê

Karatê Shotokan – A história e origem

Karatê Shotokan Gichin Funakoshi

Gichin Funakoshi – Fundador do Karatê Shotokan

Guichin Funakoshi, nasceu em Shuri distrito de Yamakawa, foi o criador do estilo de karatê denominado Shotokan e foi considerado o pai do karate moderno.

Funakoshi começou a treinar desde cedo com o mestre Yasutsune Azato. Treinava na própria casa de Azato, pois na época eram proibidos os treinos de karatê.

O mestre Azato era muito exigente em seus treinamentos, seguia uma linha filosófica dentro do karate: Hito Kata San Nen (um kata em três anos). Era feita a repetição constante do Kata pra o aperfeiçoamento do karatê.

Kata era uma simulação de combate, como todos em sua época, aprendeu karatê repetindo várias vezes o mesmo kata. Quando aprendia com plenitude um kata, seu mesttre Azato permitia que iniciasse outro, e assim por diante.

Em 1902, Funakoshi começou a ministrar aulas de karatê na escola da prefeitura de Kagoshima, em uma inspeção feita pelo senhor Shintaro ogawa (inspetor), ficou emocionado com a demonstração de Funakoshi em sua escola. Ficou tão comovido que enviou um relatório o elogiando para o ministério da educação.

Graças a este relatório, o ministério da educação permitiu aulas de karatê nas escolas e Funakoshi passou a ensinar em escolas públicas de Okinawa. Ensinava principalmente os Katas, pois o karatê naquela época se resumia basicamente em Katas.

A partir daí as aulas de karatê eram dadas juntamente com as aulas de educação física, conseguiram um excelente resultado.

Leia também: Karatê – A história e origem

Karatê Shotokan – Era de ouro

luvas muay thai comprar Algum tempo depois, o almirante Rokuro Yashiro assistiu uma de suas demonstrações juntamente com seus alunos e gostou tanto que deu ordens para que seus homens praticassem esta arte marcial com Funakoshi. Isso possibilitou o aumento da fama do karatê e consequentemente a de Funakoshi e de Okinawa, em todo Japão.

A cada dia mais pessoas iam até Okinawa para ver e conhecer o karatê. Okinawa passou a ser conhecida como a terra do karatê.

Em 1921, o Futuro imperador Japonês fez um visita a Okinawa e, na oportunidade viu uma demonstração de karatê com a participação de Funakoshi. A partir daí Funakoshi foi convidado a fazer uma demonstração no final deste mesmo ano em Tóquio na Exibição Atlética Nacional.

Ao final da demonstração em Tóquio, Funakoshi pretendia voltar para Okinawa, mas se surpreendeu com a quantidade de pessoas que queriam que ele ficasse mais um pouco para ministrar aulas de karatê, entre elas estava o mestre Jigoro kano, fundador do Judo.

Sendo assim Funakoshi resolveu ficar mais um tempo no Japão para efetuar algumas demonstrações de karatê.

Karatê Shotokan – Auge da arte marcial em Tóquio

Em 1922, fez uma apresentação pública em Tóquio representando Okinawa. Lançou seu primeiro livro denominado Ryukyu kenpo karate, escrevendo comentários sobre os propósitos do karatê. Finalmente o karate começou a se espalhar por Tóquio em 1925, e no inicio da década de 1930, a maioria das universidades de Tóquio tinham em seu currículo práticas do karatê.

Ele desenvolveu um simulado de combate em duplas, chamado Gohon Kumite e Ippon Kumite. No ano de 1934, Criou o combate semilivre, também conhecido como Ju Ippon Kumite e, em 1935 criou métodos de luta livre, ou seja, Ju Kumite.

Tudo isso representou uma grande revolução no karatê, porque até aquela data, o karatê se resumia em feitura de Katas. Ainda no ano de 1935, Funakoshi lançou seu segundo livro, denominado Karate-do Kyohan.

Em 1936, Funakoshi mudou a a escrita da palavra karatê Kara que significava “chinesas” passou a significar “vazias” e Te continuou significando mãos. Funakoshi mudou também os nomes katas do Chinês e dos termos de Okinawa para o Japonês puro.

Devido ao fato dos japoneses não gostarem de estrangeiros, Funakoshi traiu sua terra natal ajudando a eliminar os termos chineses do Japão. Funakoshi ao fazer isso se mostrou a favor das teses Japonesas de superioridade tanto racial quanto cultural.

Karatê Shotokan – Nomeação do estilo

Pouco tempo depois Funakoshi deu nome ao seu estilo de karatê, chamou-o de Shotokan. Sho significa ”Pinheiro”, To são ondas ou som e Kan é escola.

Funakoshi parou de dar aulas durante a segunda guerra mundial  e só voltou em 1949, quando foi fundada a Associação Japonesa de Karatê, Nihon  Karatê Kyokai, reuniu todos os clubes existentes de karatê  no Japão dentro de universidades e unidades privadas e públicas.

Funakoshi se tornou instrutor-chefe e em 1955 finalmente conseguiu um dojo próprio. Funakoshi faleceu dois anos após conseguir seu dojo, em 26 de abril de 1957.

Em sua Lápide se encontravam as seguintes palavras: Karate Ni Senti Nashi, ou seja, “ No karate, não existe atitude ofensiva”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *